letras.top
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

letra de 03:50 am - n'ativa

Loading...

[refrão: dactes]
hmm
hoje eu acordei um pouco cedo
esse mundo não me deixa descansar

[verso 1: dactes]
os perigos da city foi minha aula
os beco minha sala
o respeito na fala, com quem falo
dependendo, vendo
o medo ficar de canto
obrigatoriamente
pra de pé ficar rendendo
o que vai por os problemas no bolso
xeque meu esforço
check-in no aeroporto
seguro do quanto fiz pra ter
e tanto pra ver
eu quis fazer um pouco mais
querendo milhões na conta
que eu aliás, eu to devendo
todo mundo nessa faixa ta devendo
que mundo pequeno
fazendo da frustração o meu comédia
matei a bad a sangue frio e minha vida bandida
eu tomo de -ssalto
pivete com a pele da cor do asfalto
de conceito, sem o pré
chei de demônio no meu laudo

[verso 2: 16 beats]
foda-se…
dizza…

tô garimpando a anos e não vejo ouro
então vai ser no caixa eletrônico, o estouro
não trouxe flagrante
o flagrante sou eu, baby
que delicia você falando “dizza baby”
sou sincero, vagabundo fora de série
metendo toda nela enquanto eu ouço c-ssia eller
me chama de seu puto
sei que você prefere
quem sabe essa toque no set da dj belle
você vive, trampa, sonha, sonhando
pra depois dormir eternamente
sofrendo pra não sofrer
sem saber o que vem pela frente
na condição de humano, porra
vivendo e tentando evoluir
hoje não acordei cedo
na verdade eu nem dormi

[refrão: dactes]
hmm
hoje eu acordei um pouco cedo
esse mundo não me deixa descansar

[verso 3: sico]
psico chei de ódio
escrevendo um diário
tramando meu próximo episódio
mais sanguinário que exódia
me dizem todo dia “preu” não odiar
mas eu odeio tanto
na cabeça um êxodo de vozes e demônios
minha perceptividade fez notar
como todos são errôneos
contradizendo todos os ditados
tipo aquele que diz que
“8 não é oitenta”
mas com oitenta mil na conta
eu compro 8 oitão e meto 80 bala na sua cara
mas antes faço sua máscara cair, cara
sou a fúria de um carcará
criado no rebanho
mas me adaptei ao habitat dessa alcateia
tramando minha teia
foda-se se eu já falei de ódio
mas ele corre na veia

[verso 4: tyro]
é que minha mente ta cheia
não deixei espaço
pra abrir uma oficina
mas deixar certas coisas em off
é o que rua ensina
de tanto respirar a poeira desse mundo
hoje só espirro a resina
acordei um pouco cedo
essa noite foi sossego
tava com os pensamentos sujo
mas resolvi fazer uma faxina
que esses versos diferente
pros comédia não seja de insulto
é que as vezes não penso muito
e quando penso, eu surto
certas situações me deixam em cima do muro
nessa faixa todo mundo deve
então que deus lhe pague
porque hoje tô duro

[refrão: dactes]
hmm
hoje eu acordei um pouco cedo
esse mundo não me deixa descansar