letras.top
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

letra de 1998 - etiandro aaliyah

Loading...

etiandro aaliyah [letra]

sejam bem-vindos a mixtape eu vou contar-vos uma história;

de um puto que era anedota mais sonhava com victorias;

isso em 98′ quando os gangstas tinham glória, quando os músicos lutavam para poderem fazer história;

o puto sempre sonhador já colocava calças largas já metia olhar de gangsta já fumava já bebía;

já sonhava em ganhar fama também queria ganhar cash, queria ter damas bunitas a beijarem os seus pés;

ter um carro luxuozo tipo um bima (bmw) ou um mercedes;

ter cubíco nos estados unidos que valem nota dez;

tempo passou o puto conheceu o jhonny n-gga gangsta bem pausado apelidado de jhoponny;

olhou para o puto viu o passado estanpado no seu olhar;

não deu muita volta dissе eu vou te metеr a cantar;

o levou então ao estúdio apresentou-o ao produtor o puto começou a dropar e convençeu o produtor;

então gravaram sempre uns sons ele era bom e tinha dons;
espalharam as cenas na rua e o people curtiu do mambo;

mais o que poucos sabiam é que o puto era um viciado em bebidas e cigarros;

talvez era um mal amado, era sempre criticado, deus o tinha abençoado porque era bem educado e com isso respeitado;

anos passaram o puto agora tinha base construiu a sua marca o puto ficou diferente;

até os gangstas lá da banda nem le levantavam a mão;

porque o puto virou estrela o puto agora era mauzão;

fez sucêsso ganhou haters a rotina habitual;

se o mundo fosse o matrix o puto seria o tal;

só falava com fulanos em linguagem gestual;

o puto ficou importante era o que todo mundo via;

tanta inveja do sucêsso era o que todo hater tinha;

queriam o destruir porque sucêsso eles não tinham;

então armaram uma emboscada queriam matar o puto;
vieram com algumas armas queriam simular furto;

colocaram logo o puto pr-ntos para puxar o gatilho;

mais ele era iluminado deus sabia era meu filho;

apareceram 5 brothers do n-gga e revidaram;

agora todos se pegaram era panico no lago;

bondaram os n-ggas falsos todo mundo ensaguentado;

foram logo na vivenda o puto logo agradeceu;

com sorrizo e alegria o puto logo olhou para o céu;

disse deus eu te prometo te darei tudo o que é meu;

vencí o mundo e não morrí e eu nunca mais serei atéu