artista: a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9

letra de nostalgia – vivendo do ócio

Loading...

[verso 1]
não se desespere se eu desaparecer
a gente tem que dar um tempo
deixar tudo em seu tempo
não existe certo ou errado
existe o bom a se fazer e é o que você quiser

[verso 2]
quando não me achar eu devo estar em casa
realizando nostalgias
vou deixar uma pista pra você
tenho que dar um tempo
tudo tem seu tempo
não existe argumento

[refrão]
eu só queria tomar um vento na cara
me deu saudade da bahia
eu só queria p-ssar um tempo lá em casa
me deu saudade da bahia

[verso 3]
não se desespere se eu desaparecer
a gente tem que dar um tempo
um dia vou voltar
minhas escolhas me guiaram até aqui
quando eu retornar é porque eu consegui

[refrão]
eu só queria tomar um vento na cara
me deu saudade da bahia
eu só queria p-ssar um tempo lá em casa
me deu saudade da bahia

[interlúdio: trecho do poema ‘o incriado’, de vinicius de moraes]
“eu sou como o velho barco que guarda no seu bojo o eterno ruído do mar batendo
no entanto, como está longe o mar e como é dura a terra sob mim
felizes são os pássaros que chegam mais cedo que eu à suprema fraqueza
e voando caem, felizes e abençoados, nos parques onde a primavera é eterna”

[outro]
eu só queria…
eu só queria…
eu só queria…
me deu saudade da bahia